Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Heartland

Creating a Life we'll Love

Heartland

Creating a Life we'll Love

Vege-quê? Vegetariana!

ou maluca, como acham a maior parte das pessoas a quem comuniquei a nossa decisão (nossa, porque o filho também quis participar). Mas não estou maluca. Já comemos pouca carne e pouco peixe há muito tempo por uma questão de consciência, sem fundamentalismos. 

 

Enquanto o consumo de carne foi moderado por decisão própria, frequentava o ginásio, trabalhava longe de casa, tinha uma vida muito mais activa e fumava. Deixei de fumar e, ao mesmo, tempo de ter a disponibilidade finaceira a que estava habituada. Ou vice-versa. O resultado foi um aumento de peso descontrolado, a que se somaram mais alguns erros e, finalmente, a necessidade urgente de reequilibrar a alimentação. 

 

Algures pelo mês de Abril (2014) deixei também de fazer e respeitar ementas semanais ( assim como deixei de respeitar o calendário da limpeza) e tudo isto se tornou um caos. Refeições preparadas em cima do joelho, compras mal organizadas desorganizadas e como tal, desperdício, culpa e compensação: doces, claro. 

 

Deixei andar até ao regresso às aulas. Isso e outras coisas de que falarei noutras alturas. Finalmente, no domingo à tarde, consegui chegar a uma forma de organizar as ementas que me satisfaz, tendo em conta que a transição deve ser feita lentamente, para que os problemas não se sobreponham às vantagens desta mudança e que o sistema escolar não prevê ementas vegetarianas além de que, é preciso dar tempo ao corpo para se adaptar às mudanças. 

 

Cronograma

Janeiro a Março | Alimentação Mista

Acaba-se o que há lá por casa de enchidos, carnes e peixes e não se volta a comprar. Fora de casa come-se “normalmente” ou seja, quando convidados não há restrições e o T. come a refeição normal do colégio. Mantenho leite, ovos e manteiga nas ementas.

Abril a Junho | Alimentação Flexi-Vegetariana

Não se compra carne nem peixe, embora se continue a comer leite e derivados, enquanto se testam alternativas. Quando convidados: procura-se que haja uma alternativa vegetariana. Se não houver, podemos levar ou optar por comer como os restantes convidados.

Julho a Setembro | Alimentação Ovo/lacto/vegetariana

Aproveitando as férias de verão, retiram-se a carne o peixe e seus derivados em todas as refeições.

Mantém-se, por uma questão de facilidade e equilíbrio os ovos e laticínios (onde vivo alguns ingredientes são caros e difíceis de encontrar)

Outrubro a Dezembro | Alimentação Vegetariana

Com o regresso às aulas, entramos na rotina alimentar desejada.

Isto se for possível o T. ter uma alimentação vegetariana na escola. Se não, tentaremos pelo menos que seja ovo/lacto até ao final do ano.  

 

Para conseguir chegar a este objectivo, elaborei um plano das refeições diárias e criei uma regra para as ementas semanais. Podem encontrar o plano aqui. Quanto às ementas, à medida que tiver tempo, vou colocando no blog, assim como algumas receitas.